Haikus de primavera I

eu

Brisa fresca

acordar

os sentidos!

II

Mar largo amor

cada manha

alba.

III

Para receber

o dom da existência:

coração aberto.

4

O mundo imóvel

floresce por si mesma

cada segundo.

V

Eu dissolver

(arvores, trinados, murmúrios)

Eu não existo.

NÓS

Crianças brincando,

murmúrio de fonte,

um velho de bicicleta.

VII

Olhos de rã

eles olham para o mundo

enxaguar com a água.

VIII

Entre lençóis

verde esmeralda brilha

a barata.

IX

Sombra de árvore

dois jovens conversam

próximo a fonte.

X

Silêncio azul

eles falam sobre a árvore

e o vento.

Wako

Compartilhar isso:

Deixe uma resposta

seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

three × four =